Copas do Mundo
Página Inicial
Notícias
Artigos
História das Copas
Copa do Mundo de 1930
Copa do Mundo de 1934
Copa do Mundo de 1938
Copa do Mundo de 1950
Copa do Mundo de 1954
Copa do Mundo de 1958
Copa do Mundo de 1962
Copa do Mundo de 1966
Copa do Mundo de 1970
Copa do Mundo de 1974
Copa do Mundo de 1978
Copa do Mundo de 1982
Copa do Mundo de 1986
Copa do Mundo de 1990
Copa do Mundo de 1994
Copa do Mundo de 1998
Copa do Mundo de 2002
Copa do Mundo de 2006
Copa do Mundo de 2010
Copa do Mundo de 2014
Copa do Mundo de 2018
Copa do Mundo de 2022
Mascotes das Copas
Copa das Confederações
Livro de Visitas
Links
E-mail

 

Secretário-Geral da FIFA visitará as 12 sedes da Copa ao lado de Ronaldo em 2012

 

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, publicou em sua coluna no site da entidade máxima do futebol, que virá ao Brasil no ano que vem para visitas de inspeção nas 12 cidades-sedes da Copa do Mundo de 2014. As duas primeiras cidades serão Fortaleza (CE) e Salvador (BA), agendadas para o mês de janeiro. Valcke terá a companhia de Ronaldo, conselheiro do COL (Conselho Organizador Local), do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e de Pelé, embaixador do governo federal para a Copa do Mundo.

O cartola da FIFA fez elogios à preparação do Brasil para o Mundial de Futebol, e afirmou que o evento que marcou o sorteio das chaves das eliminatórias da Copa do Mundo, feito no Rio de Janeiro em julho deste ano, foi o primeiro grande teste do Brasil, e o país correspondeu às expectativas da FIFA.

Por outro lado, Valcke mostra preocupação com o andamento das obras de infraestrutura e mobilidade urbana. ele disse que sua rodada de viagens, que acontecerão de dois em dois meses, servirá para que ele acompanhe de perto o desenvolvimento dessas obras nas cidades-sedes: "O relógio corre cada vez mais rápido. Não temos tempo a perder".

Além disso, Valcke afirmou também que a escolha do mascote do Copa, a definição das três últimas sedes da Copa das Confederações (junho de 2013) e do palco da partida final desta competição são ações que precisam acontecer no ano de 2012. "Não vamos nos esquecer que, após os Jogos Olímpicos de Londres (agosto de 2012), a mídia esportiva mundial vai voltar seus olhos para o Brasil.

"A chave para o sucesso será a manutenção do amplo e aberto diálogo entre as autoridades brasileiras, lideradas pelo ministro Aldo Rebelo, o homem no comando da Copa do Mundo dentro do governo brasileiro, e a FIFA, mantendo o espírito de respeito e cooperação que caracterizam nossas relações hoje em dia", completou.

 


Última atualização: 24/09/13. Política de privacidade  |  Mapa do Site